sábado, 11 de dezembro de 2010

Bolo pão de mel

Esta receita peguei da nestle, maravilhoso, a textura fica bem firme, com um  gostinho delicioso de pão de mel.
Ingredientes:
Bata ligeiramente os ovose misture o LEITE MOÇA®, o mel, o NESCAFÉ® dissolvido no leite morno, a canela, o cravo. Acrescente a farinha, o Chocolate e o fermento. Despeje em uma fôrma retangular (26 x 38cm) untada e enfarinhada e asse em forno médio (180°C) por cerca de 25 minutos. Desenforme e cubra-o, ainda quente, com o Chocolate Meio Amargo alisando com uma espátula.
Congelamento:
Para congelar, embale o bolo pronto e deixe em freezer ou duplex por até 3 meses. Se desejar, corte-o em quadrados e embale-os separadamente. Para descongelar, deixe-o em geladeira com cerca de 6 horas de antecedência.
 
Fiz uma pequena mudança na cobertura
1 caixinha de creme de leite
6 (sopa) colheres de açucar refinado
6 (sopa) colheres de chocolate em pó
Leve os 3 ingredientes ao fogo e mexa até soltar da panela, cubra o bolo assim que sair do forno.

quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

Voltei

Meus queridos vcs nem imaginam a correria que está aqui em casa, estou fazendo minha edícula, a casa está em pé de guerra, sujeira para todo lado, mas sei que é por uma boa causa. E claro como as coisas na minha vida nunca vem sozinha, ainda estou trabalhando, fazendo as provas finais da faculdade, mas ontem terminou uma etapa na vida da minha filhota, ela fez a Crisma.
Agora semana que vem entro de férias, quero organizar minha casa, fazer um limpa nos guarda roupas que já prometi faz tempo e me preparar para viajar, embarco dia 31.
Hoje até me aventurei na cozinha, estou fazendo uma receita nova, bolo de pão de mel, se ficar gostoso daqui a pouco tiro as fotos e passo a receita, se por ventura não prestar volto e digo o que achei. Mas creio que ficará boa sim, o cheiro ficou maravilhoso de cravo e canela.Por enquanto é só, até mais.

domingo, 21 de novembro de 2010

Boa noite meus queridos amigos!

Nossa gente como o ano voou, meu Deus, estou aqui desesperada com tantas coisas que quero fazer antes do natal. Preciso organizar a casa, fazer uma bela faxina nos armários, terminar os trabalhos da faculdade, preparar comidinhas gostosas para o final do ano e ainda teminar minhas encomendas de camisetas. Vou fazer tudo isso antes do dia 24 se Deus quiser e me der saúde para isso tudo.
Já estou com as passagens compradas para o dia 31 de dezembro, estou indo passar 1 mês na casa de mamãe, as crianças estão em euforia será a primeira vez que irão viajar de avião, o caçula já andou mas tinha 1 aninho e claro não lembra. Estou me programando para ficar de folga, mas claro que não vou ficar sem fazer nada não consigo, vou levar os meus paninhos e riscos para fazer alguma coisa. Só tenho a certeza que vou estar de folga do trabalho e da faculdade destes dois não vou levar nada para fazer nas férias, prometi a mim mesma. Pretendo fazer umas comprinhas no Paraguai,  a cidade da mamys fica encostadinho de lá, prometo tirar fotos das bugigangas, adooooooooooooro. Quero também comprar umas roupinhas em Cianorte, capital do vestuário, minha mãe mora lá perto também. Vcs devem imaginar que sou dóida em achar tudo perto mas já acostumei porque aqui no Mato Grosso as cidades ficam uns 80 km de distância no mínimo uma da outra, então quando vou ao Paraná acho tudo pertinho. Volto logo com novidades, vou ficando por aqui, vou dormir que o sono pegou. Beijos

quarta-feira, 10 de novembro de 2010

Dia a dia corrido!

Bom dia meus queridos. Vcs devem estar sentindo falta de mais postagens, peço um pouquinho de paciência, estou fazendo vários exames médicos, fui no cardiologista e ela me pediu uma bateria de exames, precisamos descobrir o porque da minha pressão subir tanto. Este é o motivo que não tenho ido muito para cozinha a médica pediu cautela nas comidinhas, mas assim que ficar sabendo os resultados vou me esbaldar e passar tudo para vcs.
Só que como os amigos já me conhecem, sou uma formiguinha e não consigo ficar sem futricar então estou bordando mais do que nunca, as encomendas não param graças a Deus, fiz esta da girafinha para minha filhota, afinal tenho que agradar e não posso fazer valer o ditado casa de ferreiro espeto de pau.
Tenham todos um maravilhoso dia e pensem estamos no meio da semana, tem bastante tempo de criar coisas lindas e começar os preparativos para o natal. Beijos

quinta-feira, 4 de novembro de 2010

Bolo de banana americano

Este bolo tenho a receita desde quando morava no Paraná, aprendi esta receita com uma americana que morava em minha cidade. É um bolo bem rústico fica bem escura a massa e de uma textura deliciosa, podendo acrescentar nozes, castanhas ou passas na massa. Mas chega de papo e vamos a receitinha.

Ingredientes:
2 xícaras de farinha de trigo
1 colher de (chá) de fermento em pó royal
1 colher de (chá) de bicarbonato de sódio
1 colher de (chá) de sal
1/2 xícara de (chá) de margarina
1 xícara de (chá) de açucar
2 ovos
1 xícara de (chá) de banana bem madura amassada

Modo de fazer: Peneire a farinha, o pó royal, o bicarbonato e o sal. Faça um creme com a margarina,com o açucar até virar um creme, acrescente os ovos um de cada vez. Bata bem. Misture a banana amassada. Misture os ingredientes secos. Assar numa forma de pão ou em uma assadeira de buraco no meio. Asse por 60 min mais ou menos.

segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Rondelli com massa de pastel





01 rolo de massa para pastel 400 gr.
Requeijão cremoso
Presunto fatiado
Mussarela fatiada
Molho de tomate Q.B. (eu fiz o molho)
Queijo parmesão ralado
Catupiry em bisnaga (opcional)
Renderam 12 rondellis

Em uma mesa ou bancada limpa, estique mais ou menos 40 cm. de massa para pastel.
Com o auxílio das costas de uma colher espalhe sobre a massa uma camada generosa de requeijão, encima do requeijão uma camada de presunto, e encima do presunto uma camada de mussarela. Enrole a massa como um rocambole. Corte fatias de dois dedos de largura.
Espalhe molho no fundo de um refratário, arrume sobre o molho os rondellis deitados um ao lado do outro, com pouquinho de espaço entre eles. Como ficou um buraquinho no centro de cada um dos rondellis, eu os preenchi com catupiry. Coloque mais molho sobre os rondellis, salpique o parmesão ralado, a gosto e leve para o forno.
Pessoal a massa vai cozinhar no molho, então não pode ser pouco, depois que o molho começar a borbulhar deixar mais ou menos 20 minutos.
.
meus queridos amigos peguei esta receita maravilhosa da Angela Maria na comunidade culinária receitas, façam vale a pena pela praticidade e pelo sabor.

sábado, 9 de outubro de 2010

Texto Walt Disney com Legenda

Lindo texto copiei do meu amigo Mauro Rebelo

E assim, depois de muito esperar, num dia como outro qualquer, decidi triunfar…
Decidi não esperar as oportunidades e sim, eu mesmo buscá-las.
Decidi ver cada problema como uma oportunidade de encontrar uma solução.
Decidi ver cada deserto como uma possibilidade de encontrar um oásis.
Decidi ver cada noite como um mistério a resolver.
Decidi ver cada dia como uma nova oportunidade de ser feliz.
Naquele dia descobri que meu único rival não era mais que minhas próprias limitações e que enfrentá-las era a única e melhor forma de as superar.
Naquele dia, descobri que eu não era o melhor e que talvez eu nunca tenha sido.
Deixei de me importar com quem ganha ou perde, agora, importa-me simplesmente saber melhor o que fazer.
Aprendi que o difícil não é chegar lá em cima, e sim deixar de subir.
Aprendi que o melhor triunfo que posso ter, é ter o direito de chamar a alguém de ‘Amigo’.
Descobri que o amor é mais que um simples estado de enamoramento, ‘o amor é uma filosofia de vida’.
Naquele dia, deixei de ser um reflexo dos meus escassos triunfos passados e passei a ser a minha própria tênue luz deste presente.
Aprendi que de nada serve ser luz se não vai iluminar o caminho dos demais.
Naquele dia, decidi trocar tantas coisas…
Naquele dia, aprendi que os sonhos são somente para fazer-se realidade.
E desde aquele dia já não durmo para descansar…
Agora simplesmente durmo para sonhar.

Texto de Walt Disney.

uipiiiiiiiiiiiiii!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Fiquei feliz hoje quando vi que já estamos com 60 seguidores no meu humilde bloguinho, obrigada a todos os amigos que estão me seguindo, sei que tenho estado um pouco ausente mas vcs queridos amigos tenho certeza compreendem minha falta, minha vida está bem corridinha, mas na medida do possível venho aqui postar alguma coisa interessante. Bom sábado e início de feriadão, quem for viajar cuidados nas estradas e quem ficar em casa curtam muito.

domingo, 3 de outubro de 2010

Macarrão de panela de pressão

Ingredientes:
1 Pacote de macarrão parafuso de 500 grs.
1 lata de molho pomarola
5 latas de água
1 lata de creme de leite sem soro
tempero a gosto
1 lata de milho verde
1 peito de frango cozido e desfiado a gosto
300 grs de mussarela
Refogue o frango desfiadinho em óleo, alho, cebola, cheiro verde, sal, pimenta, depois de bem refogado acrescente o molho de tomate a água, creme de leite e por último o macarrão parafuso. Tampe a panela de pressão, conte 5 minutos depois que a panela começar a chiar. Tem que ser bem certinho o tempo pois pode queimar se passar o tempo. Abra a panela, acrescente cheiro verde picado, despeje em um refratário bem grande, jogue mussarela por cima e sirva em seguir.

quinta-feira, 30 de setembro de 2010

Os Waltons

Vamos matar só um poquinho da nossa saudade. Quem não se lembra do boa noite John Boy? como eu adorava assistir a este seriado que passsava na tv na década de  70.
O programa narrava, sob a ótica do filho mais velho (17 anos) John Boy (Richard Thomas), as aventuras e desventuras da família do título, formada pelo patriarca Sr. John Walton (Ralph Waite), sua esposa Olivia `Livie´ Walton (Michael Learned) e seus sete filhos: John Boy, Jason (Jon Walmsley), Mary Ellen (Judy Norton-Taylor), Erin (Mary Beth), Ben (Eric Scott), Jim Bob (David W. Harper) e Elizabeth (Kami Cotler), que sobreviviam apenas com o dinheiro ganho na serraria localizada na Montanha Walton em Virginia, mantida por John Walton, Vovó Esther e Vovô Zeb.
Mesmo com toda a pobreza e as dificuldades que a família encontrava ao longo dos episódios, eles lutavam com muita união e conservavam grandes sonhos. John Boy, por exemplo, desejava ir para a faculdade e se tornar um grande romancista. Além dos personagens principais a série era recheada de outros bem carismáticos como Ike Godsey (Joe Conley) o proprietário do armazém local, o Xerife Bridges (John Crawford) e as Senhoritas Mamie (Helen Kleeb) e Emily Baldwin (Mary Jackson), duas irmãs completamente excêntricas.
Os executivos da Lorimar Television trabalharam para enfatizar dois pontos na série: o local onde a história se passava (as montanhas Blue Ridge) e o período em que ela ocorria (a grande depressão), com isso, eles conseguiram transmitir ao público exatamente o clima que buscavam, uma nostalgia e sentimentalismo muito fortes, apoiados pela trilha sonora sempre exuberante de Jerry Goldsmith. Dessa forma, foi possível tratar de assuntos como crescimento dos filhos, namoro, casamento, escola, universidade, emprego, nascimento, envelhecimento, doença e morte, com mais seriedade e dramaticidade.
Uma das coisas tristes da série, principalmente para os fãs, é que o elenco principal mudou muito ou esteve ausente durante a exibição de Os Waltons. John Boy, por exemplo, que era um personagem chave dentro da série, foi interpretado até 1977 pelo ator Richard Thomas, quando foi substituído por Robert Wightman; Elle Corby foi obrigada a sair da série em 1979 depois que sofreu um acidente; já o ator Will Geer faleceu em 1978, com isso seu personagem, o Vovô Zeb, também teve que morrer na série; John Ritter que interpretava o personagem do Reverendo Matthew Fordwick também deixou o programa mais cedo, sua ausência foi explicada com a ida do Reverendo para o exército.
Agora vem meu filho de 17 anos e me diz que tem seriados bons na tv, pena ele não ter visto e vivido nas noites a emoção de ver os Waltons.

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Viver cada dia como se fosse o último....

"Já perdoei erros quase imperdoáveis, tentei substituir pessoas insubstituíveis e esquecer pessoas inesquecíveis".
"Já fiz coisas por impulso, já me decepcionei com pessoas quando nunca pensei me decepcionar, mas também decepcionei alguém".
"Já abracei pra proteger, já dei risada quando não podia, fiz amigos eternos, amei e fui amado, mas também já fui rejeitado, fui amado e não amei".
"Já gritei e pulei de tanta felicidade, já vivi de amor e fiz juras eternas, "quebrei a cara" muitas vezes!"
 “Já chorei ouvindo música e vendo fotos, já liguei só pra escutar uma voz, me apaixonei por um sorriso, já pensei que fosse morrer de tanta saudade e tive medo de perder alguém especial (e acabei perdendo)!”
 “Mas vivi! E ainda vivo! Não passo pela vida... e você também não deveria passar".
Viva!!!
"Bom mesmo é ir a luta com determinação, abraçar a vida e viver com paixão, perder com classe e vencer com ousadia, porque o mundo pertence a quem se atreve e a vida é MUITO para ser insignificante."
 (Chaplin).

sexta-feira, 24 de setembro de 2010

José Serra

Bom dia amigos queridos.
Alguns de vcs meus amigos conhecem um pouquinho da minha vida, porém tem alguns amigos novos que não, vou falar em um breve resumo: Trabalho numa escola especial APAE, aqui em Sinop tem 3 anos, mas trabalho com educação especial a mais de 15 anos, trabalhei em escolas especiais do Paraná também. Amo o que faço, sinto muito prazer em fazer bem feito e com amor o meu trabalho, acredito que tem que ser assim como tudo na vida para podermos viver bem, não acredito em pessoas que fazem as coisas simplesmente por fazer. Bom vcs devem estar perguntando o que o Serra tem a ver com isto, tá vou chegar lá. Ontem dia 23 de setembro foi uma data importante na minha escola, tivemos a visita desta pessoa surpreendente e carismático, fiquei muito feliz não só porque ele é meu candidato mas pela oportunidade de conhecê-lo. Espero que os brasileiros tomem uma atitude e mudem de opinião e possa dar uma reviralta nestas pesquisas que estão aí, para ele chegar la, acredito ainda na moralidade do Brasil.Os brasileiros nunca deixaram de ser um povo honrado. Vamos Brasil é pra frente que se anda! Beijos meus queridos volto em breve.

terça-feira, 14 de setembro de 2010

Um homem inteligente falando das mulheres


O desrespeito à natureza tem afetado a sobrevivência de vários seres e entre os mais ameaçados está a fêmea da espécie humana.
Tenho apenas um exemplar em casa,que mantenho com muito zelo e dedicação, mas na verdade acredito que é ela quem me mantém. Portanto, por uma questão de auto-sobrevivência, lanço a campanha "Salvem as Mulheres!'
Tomem aqui os meus poucos conhecimentos em fisiologia da feminilidade a fim de que preservemos os raros e preciosos exemplares que ainda restam:
Habitat
Mulher não pode ser mantida em cativeiro. Se for engaiolada, fugirá ou morrerá por dentro. Não há corrente que as prenda e as que se submetem à jaula perdem o seu DNA. Você jamais terá a posse de uma mulher, o que vai prendê-la a você é uma linha frágil que precisa ser reforçada diariamente.
Alimentação correta
Ninguém vive de vento. Mulher vive de carinho. Dê-lhe em abundância. É coisa de homem, sim, e se ela não receber de você vai pegar de outro. Beijos matinais e um 'eu te amo’ no café da manhã as mantém viçosas e perfumadas durante todo o dia. Um abraço diário é como a água para as samambaias. Não a deixe desidratar. Pelo menos uma vez por mês é necessário, senão obrigatório, servir um prato especial.
Flores
Também fazem parte de seu cardápio – mulher que não recebe flores murcha rapidamente e adquire traços masculinos como rispidez e brutalidade.
Respeite a natureza
Você não suporta TPM? Case-se com um homem. Mulheres menstruam, choram por nada, gostam de falar do próprio dia, discutir a relação? Se quiser viver com uma mulher, prepare-se para isso.
Não tolha a sua vaidade
É da mulher hidratar as mechas, pintar as unhas, passar batom, gastar o dia inteiro no salão de beleza, colecionar brincos, comprar muitos sapatos, ficar horas escolhendo roupas no shopping. Entenda tudo isso e apoie.
Cérebro feminino não é um mito
Por insegurança, a maioria dos homens prefere não acreditar na existência do cérebro feminino. Por isso, procuram aquelas que fingem não possuí-lo (e algumas realmente o aposentaram!). Então, aguente mais essa: mulher sem cérebro não é mulher, mas um mero objeto de decoração. Se você se cansou de colecionar bibelôs, tente se relacionar com uma mulher. Algumas vão lhe mostrar que têm mais massa cinzenta do que você. Não fuja dessas, aprenda com elas e cresça. E não se preocupe, ao contrário do que ocorre com os homens, a inteligência não funciona como repelente para as mulheres.

Não faça sombra sobre ela
Se você quiser ser um grande homem tenha uma mulher ao seu lado, nunca atrás. Assim, quando ela brilhar, você vai pegar um bronzeado. Porém, se ela estiver atrás, você vai levar um pé-na-bunda.
Aceite: mulheres também têm luz própria e não dependem de nós para brilhar. O homem sábio alimenta os potenciais da parceira e os utiliza para motivar os próprios. Ele sabe que, preservando e cultivando a mulher, ele estará salvando a si mesmo.
 
Só tem mulher quem pode!
 
Luiz Fernando Veríssimo

quinta-feira, 9 de setembro de 2010

Bolo de cenoura à americana

Ingredientes:
3 xícaras de farinha de trigo
2 xícaras de açucar
1 colher (sopa) de  bicarbonato
1 colher (chá) de sal
1 colher (sopa) de canela em pó
1 1/2 xícara de óleo
4 ovos
1 colher (sopa) de essência de baunilha
1 1/3 de xícara de purê de cenoura (3 cenouras grandes)
3/4 xícara de cenoura ralada

Cobertura:
250 gr de cream cheese (philadelphia)
6 colheres (sopa) de manteiga sem sal
3 xícaras de açucar de confeiteiro
1 collher (chá) de essência de baunilha
suco de meio limão

Misture os ingredientes secos. Junte os ovos, o óleo e bata bem no liquidificador, acrescente o açucar e bata o purê de cenoura junto. Misture a mistura do liquidificador nos ingredientes secos, junte a cenoura ralada.
Asse em forno médio pré- aquecido. Deixe esfriar bem o bolo antes de colocar a cobertura.
Bata o cream cheese com a manteiga. Vá adicionando o açucar até obter um glacê cremoso.Misture a baunilha e o suco de limão. Passe em cima do bolo.



quarta-feira, 8 de setembro de 2010

Quarta com cara de segunda, vamos rir um pouquinho.

O homem trocado

O homem acorda da anestesia e olha em volta. Ainda está na sala de
recuperação. Há uma enfermeira do seu lado. Ele pergunta se foi tudo bem.
- Tudo perfeito - diz a enfermeira, sorrindo.
- Eu estava com medo desta operação...
- Por quê? Não havia risco nenhum.
- Comigo, sempre há risco. Minha vida tem sido uma série de enganos...
E conta que os enganos começaram com seu nascimento. Houve uma troca
de bebês no berçário e ele foi criado até os dez anos por um casal de
orientais, que nunca entenderam o fato de terem um filho claro com olhos
redondos. Descoberto o erro, ele fora viver com seus verdadeiros pais. Ou
com sua verdadeira mãe, pois o pai abandonara a mulher depois que esta não
soubera explicar o nascimento de um bebê chinês.
- E o meu nome? Outro engano.
- Seu nome não é Lírio?
- Era para ser Lauro. Se enganaram no cartório e...
Os enganos se sucediam. Na escola, vivia recebendo castigo pelo que não
fazia. Fizera o vestibular com sucesso, mas não conseguira entrar na
universidade. O computador se enganara, seu nome não apareceu na lista.
- Há anos que a minha conta do telefone vem com cifras incríveis. No mês
passado tive que pagar mais de R$ 3 mil.
- O senhor não faz chamadas interurbanas?
- Eu não tenho telefone!
Conhecera sua mulher por engano. Ela o confundira com outro. Não foram
felizes.
- Por quê?
- Ela me enganava.
Fora preso por engano. Várias vezes. Recebia intimações para pagar dívidas
que não fazia. Até tivera uma breve, louca alegria, quando ouvira o médico
dizer:
- O senhor está desenganado.
Mas também fora um engano do médico. Não era tão grave assim. Uma
simples apendicite.
- Se você diz que a operação foi bem...
A enfermeira parou de sorrir.
- Apendicite? - perguntou, hesitante.
- É. A operação era para tirar o apêndice.
- Não era para trocar de sexo?
Luis Fernando Veríssimo

sexta-feira, 3 de setembro de 2010

Rural willys

Vocês já andaram em uma desta? rsrs, eu já. Nossa e como era bom, que linda que era na época. Quem tinha uma desta era considerado rico, ela tinha um volante grandão, cinto de segurança? nem pensar. Porém andar nela era uma festa, as crianças iam na parte traseira lá na última janelinha. Vocês acreditam que me lembro do cheiro que tinha dentro dela, era uma mistura de muitas coisas, a emoção de sair de casa para passear nela, ainda mais para ir na casa dos avós no sítio, entrava poeira para todo lado, porque evidentemente que não tinha ar condicionado e tínhamos que viajar com os vidros abertos na estrada de poeira, quando passava um carro os adultos corriam fechar as janelas, mas nunca dava tempo. Chegávamos na casa da avó que só dava para ver os olhos de empoeirados, mas cheios de alegria, tempo bom. Há e ninguém da minha família sofreu algum acidente com uma desta. Também não sei quanto que ela alcançava de velocidade, mas devia ser meio tartaruga coitadinha.

quinta-feira, 2 de setembro de 2010

Cut, cut

Filha de amiga merece, já que não quero mais ter menininhas, de agora pra frente só faço coisinhas cut, cut, para as amigas e para minhas sobrinhas. Fiquei muito feliz com o resultado deste ultimo trabalhinho, achei que ficou lindo. Tudo bem podem me chamar de coruja eu admito, fazer o que? corujava os filhos, agora corujo minhas patchcolagem também. Mas não dá nada, vcs são meus amigos e vão me entender. Beijinhos queridos até a próxima, que não sei pode ser daqui a pouco.

terça-feira, 31 de agosto de 2010

E os gatos continuam

Mais um trabalhinho de patchcolagem terminado, gostei mais do gato branco, ou será que gostei mais da camiseta preta? amo roupa preta.

segunda-feira, 30 de agosto de 2010

Meninas vamos matar as saudades?

Sei que tenho meninos no meu blog, mas tenho certeza que nenhum sente saudades deles, ao contrário das meninas que morrem. Tenho várias amigas no blog que assim como eu suspirava pelos meninos do "não se reprima, não se reprima", nossa quantas saudades, tempinho bom que não volta mais. Hoje quando vejo as meninas suspirando pelo Luan Santana penso assim: nossa como estas meninas são bobinhas e pensar que eu a nem tanto tempo atrás fazia igualzinho elas fazem hoje. Bom  fazer o que né? cada um na sua fase, hoje estou mais para Gino e Geno rsrsrs, porém tudo nesta vida é muito bom, o importante é aproveitar as oportunidades e não deixar escapar os momentos de felicidades. Desejo a todos uma abençoada semana e fiquem olhando mais um pouquinho os lindinhos, que hoje devem estar carecas e barrigudos,porém não importa porque eram lindos, há isto eram.

domingo, 29 de agosto de 2010

Bolo de morango com chantily de creme de leite fresco

Pão de ló:
6 ovos
3 xícaras de (chá) de açucar
3 xícaras de (chá) de farinha de trigo
2 copos de leite de 250 ml
2 colheres de (sopa) de margarina
1 colher de (sopa) de pó royal
Modo de fazer:
Bata as claras em neve, junte o açucar e as gemas. Misture até ficar fofo  e bem clarinho.Misture a farinha e o pó royal. Por último o leite fervendo com margarina.
Misture delicadamnete em uma tigela grande. Leve ao forno em forma bem grande.

Creme;
1 litro de leite
3 gemas
1 lata de leite condensado
3 colheres de maizena
Leve tudo ao fogo até engrossar. Misture 1 lata de creme de leite quando o creme sair do fogo.

montagem do bolo.
utilize a mesma forma em que vc assou o bolo, forre com papel alumínio. Corte o bolo ao meio, coloque na forma. Molhe com leite misturado com leite e leite condensado a vontade. Coloque o recheio do bolo, depois coloque uma camada generosa de morangos picados. Coloque a outra metade do bolo, molhe novamente cubra com papel aluminío e leve a geladeira até esfriar bem, de preferência de um dia para outro.
Coloque o creme de leite no congelador para ficar bem gelado, leve a tigela e as pás da batedeira também ao congelador para ficarem bem geladas, não deixe congelar o creme de leite. Coloque o creme de leite na tigela bem gelada e bata com 5 colheres de açucar até virar chantily, cuidado para não bater muito porque pode virar manteiga é muito rápido. Cubra o bolo com o chantiy e enfeite com morangos.

Meus queridos apesar da aparência não ter ficado das melhores, garanto que o bolo é muito bom, nunca fiz curso de confeitaria e sou só metida a besta. Beijos espero que gostem

sexta-feira, 27 de agosto de 2010

E POR FALAR EM LADRÃO DE GALINHAS...


"Pegaram o cara em flagrante roubando galinhas de um galinheiro e
levaram para a delegacia.
- Que vida mansa, heim, vagabundo ? Roubando galinha para ter o que
comer sem precisar trabalhar. Vai para cadeia!
- Não era para mim não. Era para vender.
- Pior. Venda de artigo roubado. Concorrência desleal com o comércio
estabelecido. Sem-vergonha!
- Mas eu vendia mais caro.
- Mais caro?
- Espalhei o boato que as galinhas do galinheiro eram bichadas e as
minhas não. E que as do galinheiro botavam ovos brancos enquanto as
minhas botavam ovos marrons.
- Mas eram as mesmas galinhas, safado.
- Os ovos das minhas eu pintava.
- Que grande pilantra...
Mas já havia um certo respeito no tom do delegado.
- Ainda bem que tu vai preso. Se o dono do galinheiro te pega...
- Já me pegou. Fiz um acerto com ele. Me comprometi a não espalhar mais
boato sobre as galinhas dele, e ele se comprometeu a aumentar os preços
dos produtos dele para ficarem iguais aos meus. Convidamos outros donos
de galinheiro a entrar no nosso esquema. Formamos um oligopólio.
Ou, no caso, um ovigopólio.
- E o que você faz com o lucro do seu negócio?
- Especulo com dólar. Invisto alguma coisa no tráfico de drogas. Comprei
alguns deputados. Dois ou três ministros. Consegui exclusividade no
suprimento de galinhas e ovos para programas de alimentação do governo e
superfaturo os preços.
O delegado mandou pedir um cafezinho para o preso e perguntou se a
cadeira estava confortável, se ele não queria uma almofada. Depois
perguntou:
- Doutor, não me leve a mal, mas com tudo isso, o senhor não está
milionário?
- Trilionário. Sem contar o que eu sonego de Imposto de Renda e o que
tenho depositado ilegalmente no exterior.
- E, com tudo isso, o senhor continua roubando galinhas?
- Às vezes. Sabe como é.
- Não sei não, excelência. Me explique.
- É que, em todas essas minhas atividades, eu sinto falta de uma coisa.
Do risco, entende? Daquela sensação de perigo, de estar fazendo uma
coisa proibida, da iminência do castigo. Só roubando galinhas eu me
sinto realmente um ladrão, e isso é excitante. Como agora. Fui preso,
finalmente. Vou para a cadeia. É uma experiência nova.
- O que e isso, excelência? O senhor não vai ser preso não.
- Mas fui pego em flagrante pulando a cerca do galinheiro!
- Sim. Mas primário, e com esses antecedentes..."
Luís Fernando Veríssimo

quarta-feira, 25 de agosto de 2010

Bolo verde

1 copo de iogurte natural ou 1 copo de leite gelado 200 ml
a mesma medida (copo de iogurte) de óleo ou 200 ml
4 ovos
1 caixa de gelatina sabor limão
1 pacote de mistura para bolo (Dona Benta) sabor limão ( eu fiz com o renata)
1 colher (sopa) de fermento em pó

Primeiro bata no liqüidificador os ovos, o iogurte e o óleo. Acrescente o pó da gelatina, a mistura do bolo  e o fermento em pó. Bata até misturar bem.
Unte com manteiga e farinha de trigo, uma fôrma de buraco, e despeje a mistura do bolo. Asse em forno médio de 30 a 40 minutos. Eu fiz com leite gelado no lugar do iogurte, ficou ótimo.

Cobertura:
1  lata de leite condensado
 suco de limão de 1 limão grande
Misturar bem e passar no bolo, depois de assado.
Esta receita é da minha Xará maria Almeida de Maringá Paraná

sexta-feira, 20 de agosto de 2010

Boa noite meus queridos!

Sei que ando em falta com vcs, minha vida tem estado uma loucura ultimamente, muitas tarefas, cursos, faculdade, casa, marido, filhos e ainda o meu serviço. Estou quase sem tempo de cozinhar e preparar as coisinhas gostosas que tanto gosto de fazer, continuo só com as camisetinhas que comecei a fazer e estou muito empolgada, então todo tempinho que tenho corro para as agulhas, vou mostrar as últimas que fiz, espero que gostem. Vcs não imaginam como tem feito bem para minha cabeça, sinto que estou leve e feliz com os trabalhos prontos e cada criação sinto como se fosse um novo filho.Beijos, se der tempo vou fazer alguma coisa gostosa e posto aqui, mas não prometo porque amanhã vou trabalhar na expoflor de manhã, a noite tem a abertura da semana do excepcional e domingo a tarde na expoflor novamente. Sim meu povo vou trabalhar o final de semana todo, mas é por uma boa causa, afinal meus alunos queridos merecem e eu amo fazer o que faço.

terça-feira, 17 de agosto de 2010

Mais uma

Terminei domingo mais uma camiseta, agora estou apaixonada pelos gatos. Achei que ficou muito bonita. Já está vendida, estou com mais umas tantas encomendadas, estou feliz com o resultado do trabalho.

sábado, 14 de agosto de 2010

E tudo mudou....


O rouge virou blush
O pó-de-arroz virou pó-compacto
O brilho virou gloss

O rímel virou máscara incolor
A Lycra virou stretch
Anabela virou plataforma
O corpete virou porta-seios
Que virou sutiã
Que virou lib
Que virou silicone

A peruca virou aplique, interlace, megahair, alongamento
A escova virou chapinha
"Problemas de moça" viraram TPM
Confete virou MM

A crise de nervos virou estresse
A chita virou viscose.
A purpurina virou gliter
A brilhantina virou mousse

Os halteres viraram bomba
A ergométrica virou spinning
A tanga virou fio dental
E o fio dental virou anti-séptico bucal

Ninguém mais vê...

Ping-Pong virou Babaloo
O a-la-carte virou self-service

A tristeza, depressão
O espaguete virou Miojo pronto
A paquera virou pegação
A gafieira virou dança de salão

O que era praça virou shopping
A areia virou ringue
A caneta virou teclado
O long play virou CD

A fita de vídeo é DVD
O CD já é MP3
É um filho onde éramos seis
O álbum de fotos agora é mostrado por email

O namoro agora é virtual
A cantada virou torpedo
E do "não" não se tem medo
O break virou street

O samba, pagode
O carnaval de rua virou Sapucaí
O folclore brasileiro, halloween
O piano agora é teclado, também

O forró de sanfona ficou eletrônico
Fortificante não é mais Biotônico
Bicicleta virou Bis
Polícia e ladrão virou counter strike

Folhetins são novelas de TV
Fauna e flora a desaparecer
Lobato virou Paulo Coelho
Caetano virou um chato

Chico sumiu da FM e TV
Baby se converteu
RPM desapareceu
Elis ressuscitou em Maria Rita?
Gal virou fênix
Raul e Renato,
Cássia e Cazuza,
Lennon e Elvis,
Todos anjos
Agora só tocam lira...

A AIDS virou gripe
A bala antes encontrada agora é perdida
A violência está coisa maldita!

A maconha é calmante
O professor é agora o facilitador
As lições já não importam mais
A guerra superou a paz
E a sociedade ficou incapaz...

... De tudo.

Inclusive de notar essas diferenças
Luis Fernando Veríssimo

quarta-feira, 11 de agosto de 2010

Vamos rir um pouquinho?

Minha mulher e eu temos o segredo para fazer um casamento durar:
Duas vezes por semana, vamos a um ótimo restaurante, com uma comida gostosa, uma boa bebida e um bom companheirismo. Ela vai às terças-feiras e eu, às quintas.
Nós também dormimos em camas separadas: a dela é em Fortaleza e a minha, em SP.
Eu levo minha mulher a todos os lugares, mas ela sempre acha o caminho de volta.
Perguntei a ela onde ela gostaria de ir no nosso aniversário de casamento, "em algum lugar que eu não tenha ido há muito tempo!" ela disse. Então, sugeri a cozinha.
Nós sempre andamos de mãos dadas...
Se eu soltar, ela vai às compras!
Ela tem um liquidificador, uma torradeira e uma máquina de fazer pão, tudo elétrico.
Então, ela disse: "nós temos muitos aparelhos, mas não temos lugar pra sentar".
Daí, comprei pra ela uma cadeira elétrica.
Lembrem-se: o casamento é a causa número 1 para o divórcio. Estatisticamente, 100 % dos divórcios começam com o casamento. Eu me casei com a "senhora certa".
Só não sabia que o primeiro nome dela era "sempre".
Já faz 18 meses que não falo com minha esposa. É que não gosto de interrompê-la.
Mas, tenho que admitir: a nossa última briga foi culpa minha.
Ela perguntou: "O que tem na TV?"
E eu disse: "Poeira".
Luís Fernando Veríssimo

terça-feira, 10 de agosto de 2010

Bolo 4 leites


Ingredientes:
5 ovos
2 copos  ( requeijão) de açucar
2 copos  ( requeijão) de farinha de trigo
2 copos (  requeijão)  de leite fervendo
1 colher de (sopa) de pó royal

Modo de fazer:
Bata as claras em neve e depois separe. Acrescente as gemas , bata bem. coloque o açucar um copo de cada vez. Bata bem até ficar esbranquiçado. Desligue a batedeira coloque o leite quente, mexa com uma colher. Coloque a farinha , torne a mexer. Por último o pó royal. Leve ao forno pré aquecido em forma untada.


Recheio e cobertura:
1 lata de leite condensado
1 lata de creme de leite
1/2 vidro de leite de côco
4 colheres de (sopa) de margarina sem sal
16 colheres de leite ninho
 1 colher não muito cheia de emustab


Misturar todos os ingredientese bater por mais ou menos 5 minutos, até crescer bem. Leve a geladeira por no mínimo 30 min para depois rechear e cobrir o bolo.
Ralar uma barra de chocolate branco e colocar por cima do recheio e da cobertura.
Obs: O restante do leite de côco misturar com 2 copos de leite e 4 colheres de açucar refinado para umedecer a massa.
Corte o bolo depois de assado no meio, molhe com a caldinha, recheio, coloque o chocolate ralado, cubra com a outra parte, molhe  novamente e acrescente o restante da cobertura e o chocolate.
Leve a geladeira, fazer de um dia para o outro fica ainda mais gostoso.

segunda-feira, 9 de agosto de 2010

Estou adorando

Bom dia meus queridos, como já disse em postagem anterior, nunca tinha feito nada de patchcolagem, comecei a bem pouco tempo. Costura então meu Deus, quem coloca a linha na agulha da máquina é o maridex. Porém isto vai mudar, comecei a fazer as patchcolagem e me encantei, achei super fácil e finalmente ontem me entreguei aos encantos da costura, (tudo bem o marido ainda colocou a linha na máquina) fiz o primeiro pano de prato, sabem que não ficou dos piores? mas claro o segundo ficou bem melhor a costura já saiu mas retinha, todos sabemos que o que leva a perfeição é a prática, então que venham muitos paninhos para que eu possa praticar. Acho que vou ter que dar paninhos para  a vizinhança, não vou vencer. Se vcs tiverem interesse possso fazer um PAP das patchcolagem. Mais tarde volto com uma receitinha. Beijos

Mais umas coisinhas da arteira


sábado, 7 de agosto de 2010

Para começar bem o sabadão!

Senhor, dê-me serenidade para aceitar as coisas que não posso mudar,
a coragem para mudar as coisas que não posso aceitar
e a sabedoria para esconder os corpos daquelas pessoas que eu tive que matar por estarem me enchendo o saco.

Também, me ajude a ser cuidadoso com os calos em que piso hoje, pois
eles podem estar conectados aos sacos que terei que puxar amanhã.

Ajude-me, sempre, a dar 100% no meu trabalho...
- 12% na segunda-feira,
- 23% na terça-feira,
- 40% na quarta-feira,
- 20% na quinta-feira,
- 5% na sexta-feira.

E... Ajude-me sempre a lembrar,
quando estiver tendo um dia realmente ruim e todos parecerem estar me enchendo o saco,
que são necessários 42 músculos para socar alguém e apenas 4 para estender meu dedo médio e mandá-lo para aquele lugar...

Que assim seja!!!

Viva todos os dias de sua vida como se fosse o último.
Um dia, você acerta.
Luís Fernando Veríssimo

sexta-feira, 6 de agosto de 2010

Dez Coisas que Levei Anos Para Aprender


1. Uma pessoa que é boa com você, mas grosseira com o garçom, não pode ser uma boa pessoa.

2. As pessoas que querem compartilhar as visões religiosas delas com você, quase nunca querem que você compartilhe as suas com elas.

3. Ninguém liga se você não sabe dançar. Levante e dance.

4. A força mais destrutiva do universo é a fofoca.

5. Não confunda nunca sua carreira com sua vida.

6. Jamais, sob quaisquer circunstâncias, tome um remédio para dormir e um laxante na mesma noite.

7. Se você tivesse que identificar, em uma palavra, a razão pela qual a raça humana ainda não atingiu (e nunca atingirá) todo o seu potencial, essa palavra seria "reuniões".

8. Há uma linha muito tênue entre "hobby" e "doença mental".

9. Seus amigos de verdade amam você de qualquer jeito.

10. Nunca tenha medo de tentar algo novo. Lembre-se de que um amador solitário construiu a Arca. Um grande grupo de profissionais construiu o Titanic.
Luís Fernando Veríssimo

quarta-feira, 4 de agosto de 2010

Manteiga Caseira


Estava com um pote de nata aqui em casa, que fui separando do leite e congelando e não tinha tempo de fazer bolachinhas. Como não gosto de desperdiçar nada, fui para cozinha rapidinho e bati uma manteiga caseira que ficou deliciosa, com gostinho de infância.
É muito fácil e rápida para fazer vai somente 3 ingredientes, nata,água e sal.

Modo de fazer:
Pegue uma boa porção de nata eu usei um pote de 500 ml
Coloque no liquidificador com água até cobrir a nata, vá batendo até que a nata separe toda da água mais ou menos uns 3 minutinhos. Desligue o liquidificador, jogue aquela água todinha fora, acrescente água novamente,volte a bater desta vez a água vai ficar mais clarinha, vá repetindo esta operação de trocar a água por diversas vezes, até que a água fica bem limpinha eu fiz umas 4 vezes ,na última vez que fizer o processo coloque uma porção de sal a seu gosto se quiser manteiga salgada ou poderá deixar natural.Eu gosto salgada.

terça-feira, 3 de agosto de 2010

Recordar é viver

Quando fiz  meu primeiro ano, estudei com esta maravilha de cartilha, até hoje me recordo destas duas crianças no caminho para a escola. Agora pouco conversando com meu filho de 7 anos comecei a falar da minha cartilha e logo veio a imagem na cabeça, lógico corri para o google para mostar a cartilha para ele, qual não foi minha surpresa encontrei no mercado livre para vender, vcs acreditam que por R$150,00, nosssa levei um susto que cartilhinha cara heim? mas lógico que tudo tem seu preço, ela é uma raridade, afinal de contas quem tem a sua guardada? eu infelizmente não tenho. Mas por hoje é só, boa noite a todos meus queridos, fiquem com Deus e com suas lembranças, tenho certeza que todos  temos as nossas escondidinhas é só procurar que acha.

Bolo de cenoura


Ingredientes:
3 ovos
2 xícaras (chá) de açúcar
2 xícaras (chá) de  farinha de trigo
1 colher (sopa) de fermento em pó royal
1 xícara (chá) de óleo
3 cenouras médias e cruas
1 pitada de sal

Modo de Preparo:

Bata no liquidificador os ovos, as cenouras (em pedaços), o óleo e o sal.
Numa tigela, misture o açúcar, o fermento e a farinha.
Despeje a mistura de liquidificador para a tigela e misture bem.
Leve para assar em forma untada e polvilhada com farinha.

Cobertura:
6 colheres de (sopa) de açucar
6 colheres de (sopa) de leite
6 colheres de (sopa) de nescau
1 colher de (sopa) de margarina
Levar todos os ingredientes para o fogo em uma panela pequena, deixe ferver até soltar da panela. Coloque sobre o bolo assim que retirar do forno.
Esta receita é do Mauro Rebelo.

segunda-feira, 2 de agosto de 2010

Sarah Kay volta ao passado


Quem tem mais ou menos minha idade deve lembrar destas figurinhas lindas. Quando era adolescente adora fazer coleção de cartas e figurinhas destas fofuras, trocava com as amigas, gastava uma nota preta com as danadinhas, deixava minha mãe louca querendo todo dia ir na banca comprar as dita cujas para sair e trocar. Nossa era uma festa. Hoje fico imaginando como as coisas mudam, não vejo minha filha tendo interesse por estas coisas, agora elas tem outros focos, mas eu como boa notálgica que sou, fico querendo que estas coisas mudem e que elas voltem a ser interessante novamente, parece que éramos mais felizes e menos anciosas que as meninas de hoje. Mas tudo bem vou parar de sonhar e só ficar feliz de ter encontrado estas imagens lindas que me arremessou direto ao túnel do tempo e voltei a ter 11 anos.

domingo, 1 de agosto de 2010

Desejo uma abençoada semana a todos vcs meus amigos.

Descobri que tenho seguidores homens, agora não mais farei postagens me dirigirindo a vcs meninas, por consideracão aos meninos sempre falarei agora amigos. Desejo uma semana cheia de luz e que Deus acompanhe sempre vcs. Esta semana começa o o terceiro bimestre nas escolas, amanhã terei prova na faculdade e o meu filho iniciará o primeiro semestre de agronomia, desejo que ele realize todos os sonhos e que tudo o que ele deseja se realize. Te amo filho.

Tenho alma de artista
Sou de bem com a vida,
Sonhadora e romântica!
... Posso ter defeitos, viver ansiosa
e ficar irritada algumas vezes,
mas não esqueço de que minha vida é a maior empresa do mundo,
e posso evitar que ela vá à falência.
Ser feliz é reconhecer que vale a pena viver apesar de todos os desafios, incompreensões e períodos de crise.
Ser feliz é deixar de ser vítima dos problemas e se tornar um autor da própria história.
É atravessar desertos fora de si,
mas ser capaz de encontrar um oásis no recôndito da sua alma.
É agradecer a Deus a cada manhã pelo milagre da vida.
Ser feliz é não ter medo dos próprios sentimentos.
É saber falar de si mesmo.
É ter coragem para ouvir um "não".
É ter segurança para receber uma crítica, mesmo que injusta.

Fernando Pessoa

Super pão de queijo



Superpão de Queijo

Ingredientes
1/2 xícara (chá) de óleo
1 xícara (chá) de leite
3 ovos
1 colher (chá) de sal
200g de mussarela ralada
3 xícara (chá) de polvilho doce
1 colher (chá) de orégano - se gostar
1 colher (sopa) de fermento em pó
Queijo parmesão ralado para polvilhar

Modo de preparo
1- No liquificador, bata bem o óleo, o leite, os ovos e o sal. Adicione a mussarela ralada e bata mais um pouco. Despeje em uma vasilha e misture o polvilho doce e o orégano, mexendo com uma colher. Incorpore o fermento e mexa mais um pouco. Em uma forma de furo central (24cm de diâmetro), untada e polvilhada com queijo parmesão ralado, coloque a massa.

2- Asse em forno médio pré-aquecido por cerca de 30 minutos ou até dourar.
(Fiz com queijo fresco caipira)

Esta receitinha é da querida amiga Lou Marie da comunidade culinária receitas

sábado, 31 de julho de 2010

Fricassê de frango


















2 peitos de frango cozido com 2 caldos de galinha
1 cenoura ralada
1 cebola picadinha
1 copo de caldo do cozimento do frango
1 lata de creme de leite sem soro
1 copo de requeijão cremoso
2 colheres de trigo
1 lata de milho verde escorrido
300 gramas de mussarela ralada
Refogue o frango e 6 colheres de oleo,a cebola e alho.
Junte a cenoura e faça um bom refogado.
Bata no liquidificador o milho escorrido,junte o copo de 250 ml do caldo,
Acrescente a farinha, bata bem.Misture ao frango refogado a mistura do liquidificador,o creme de leite,o requeijão,mexa bem,coloque cheiro verde bem picadinho,deixe engrossar.
Despeja num refratário metado do refogado,mussarela,o restante do frango e termine com mussarela.Leve ao forno até derreter bem a mussarela.
Sirva com  batatas palha e arroz branco.Rendimento refratário retangular grande.
Pode fazer sem medo de ser feliz,uma delícia.rsrsrs

Ser Feliz ou ter razão?

"Ser feliz ou ter razão?"

Para reflexão...

Oito da noite, numa avenida movimentada.
O casal já está atrasado para jantar na casa de uns amigos.
O endereço é novo e ela consultou no mapa antes de sair.
Ele conduz o carro.
Ela orienta e pede para que vire, na próxima rua, à esquerda.
Ele tem certeza de que é à direita.
Discutem. percebendo que além de atrasados, poderiam ficar mal-humorados, ela deixa que ele decida.
Ele vira à direita e percebe, então, que estava errado.
Embora com dificuldade, admite que insistiu no caminho errado, enquanto faz o retorno.
Ela sorri e diz que não há nenhum problema se chegarem alguns minutos atrasados.
Mas ele ainda quer saber:
- Se tinha tanta certeza de que eu estava indo pelo caminho errado, devia ter insistido um pouco mais...
E ela diz:
- Entre ter razão e ser feliz, prefiro ser feliz.
Estávamos à beira de uma discussão, se eu insistisse mais, teríamos estragado a noite!

Moral da história:

Esse fato foi contado por uma empresária, durante uma palestra sobre simplicidade no trabalho.
Ela usou a cena para ilustrar quanta energia nós gastamos apenas para demonstrar que temos razão, independentemente, de tê-la ou não.
Diante disso me pergunto:
'Quero ser feliz ou ter razão?'
E lembrei de um outro pensamento parecido, diz o seguinte:
“Nunca se justifique. Os amigos não precisam e os inimigos não acreditam."
Esta mensagem eu tirei do site do mais você. Achei linda e queria compartilhar, eu no alto dos meus 43 anos eu quero é ser feliz? e você? deixe aqui seu comentário gostaria  de obter sua opinião.
Beijos

sexta-feira, 30 de julho de 2010

Pão caseiro cilindrado

-1 kg de farinha de trigo
-2 ovos
-2 colheres (sopa) de margarina
-1 xícara (café) de óleo
-1 sache de fermento granulado
-2 copos (requeijão) de água morna
-4 colheres (sopa) de açucar
1/2 colher (sopa) de sal
modo de fazer:
misture o sache de fermento junto com 2 collheres de farinha e um pouco de água morna,reserve.Numa bacia grande coloque os demais ingredientes,os ovos dê uma leve batida separado,acrescente a mistura de fermento e amasse até dar ponto,pode ser que necessite um pouco mais de 1 kg de farinha.Deixe crescer,cilindre,enrole os pães,coloque uma bolinha de massa em um copo,quando a bolinha subir,espere mais uns 15 min coloque no forno 180 graus,até ficar douradinho.

Rende 3 pães médios.

quinta-feira, 29 de julho de 2010

Aprendi e decidi

E assim, depois de muito esperar, num dia como outro qualquer, decidi triunfar...
Decidi não esperar as oportunidades e sim, eu mesmo buscá-las.
Decidi ver cada problema como uma oportunidade de encontrar uma solução.
Decidi ver cada deserto como uma possibilidade de encontrar um oásis.
Decidi ver cada noite como um mistério a resolver.
Decidi ver cada dia como uma nova oportunidade de ser feliz.
Naquele dia descobri que meu único rival não era mais que minhas próprias limitações e que enfrentá-las era a única e melhor forma de as superar.
Naquele dia, descobri que eu não era o melhor e que talvez eu nunca tivesse sido.
Deixei de me importar com quem ganha ou perde.
Agora me importa simplesmente saber melhor o que fazer.
Aprendi que o difícil não é chegar lá em cima, e sim deixar de subir.
Aprendi que o melhor triunfo é poder chamar alguém de"amigo".
Descobri que o amor é mais que um simples estado de enamoramento, "o amor é uma filosofia de vida".
Naquele dia, deixei de ser um reflexo dos meus escassos triunfos passados e passei a ser uma tênue luz no presente.
Aprendi que de nada serve ser luz se não iluminar o caminho dos demais.
Naquele dia, decidi trocar tantas coisas...
Naquele dia, aprendi que os sonhos existem para tornar-se realidade.
E desde aquele dia já não durmo para descansar...
Simplesmente durmo para sonhar.
Autoria de Walt Disney

Panquecas de pão de queijo



Sabem aquela história que quando você não tem o que fazer inventa?
pois muito bem foi isto que fiz, ontem a tarde resolvi fazer aqueles pãezinhos de queijo de liquidificador, que assamos em forminhas de empada, fiz a massa, ficou linda e coloquei os dito cujos para assar nas minhas forminhas que são anti- aderente, nunca untei e sempre deu certo, porém sempre tem a primeira vez, não consegui tirar um inteiro todos grudaram e tive que retirar a força, como a massa tinha rendido bastante resolvi inventar moda e para não correr o risco fiz na frigideira que nem panquecas, meu Deus ficou muito bom, acho que vou trocar as forminhas pela frigideira sempre, deu super certo. Vcs querem a receita? tá bom vou passar não precisam falar alto já ouvi!

Ingredientes:
3 ovos
1 copo de 250 ml de leite
3 xícaras (chá) de polvilho doce
1 pacotinho de queijo ralado
1/2 colher (sopa) rasa de sal
1 xícara não muito cheia de óleo

Modo de fazer:
Bater todos os ingredientes no liquidificador até ficar uma massa lisa. Fritar aos poucos como fazemos com as panquecas. Comemos pura, mas acredito que pode ser recheada com queijo e presunto, deve ficar ainda mais gostoso.

quarta-feira, 28 de julho de 2010

Viradinho de abobrinha


Tenho certeza de uma coisa, quem é mãe assim como eu, já deve ter passado pela situação de colocar algum tipo de comida na mesa e as crianças falarem assim: ah mãe eu não gosto disso ou então, eu não vou comer isso, pois muito bem, eu tenho uma tática, não digo o que eles vão comer. Meu filho de 17 anos até estes dias comia o meu viradinho de abobrinha achando que era viradinho de ovo e bolo de cenoura achando que era amarelinho daquele jeito por causa do ovo ser caipira e consequentemente bem amarelo. Se não usamos estas diquinhas eles nunca querem comer verduras, legumes e nem frutas muitas vezes. Mas agora chega de papo furado e vamos a receitinha que na verdade é só uma dica de como enganar a molecada, é muito fácil e bem gostosinho.

Ingredientes:
1 abobrinha bem novinha ralada
2 ovos batidos
farinha de milho flocada
óleo suficiente para refogar a abobrinha
alho, sal, pimenta vermelha ardida à gosto
cheiro verde
Coloque óleo na panela, frite alho e acrescente a abobrinha e a pimenta vermelha, acrescente, sal, coloque um pouquinho de água e deixe amolecer a abobrinha. Quando secar a água coloque os ovos batidos, deixe cozinhar os ovos, vá despejando farinha de milho aos poucos até ficar uma farofinha ( eu gosto bem molhadinha) desligue o fogo e despeje o cheiro verde. Pode servir e enganar a molecada que eles comerão e nem vão dizer o que estão comendo.

Bom dia!!

A cada dia que vivo, mais me convenço de que o desperdício da vida está no amor que não damos, nas forças que não usamos,na prudência egoísta que nada arrisca e que, esquivando-nos do sofrimento, perdemos também a felicidade.
A dor é inevitável. O sofrimento é opcional.

Carlos Drummond de Andrade

terça-feira, 27 de julho de 2010

Patchcolagem



Estes dias me encantei com o mundo do patchwork, nunca tinha olhado direito para as coisas de patch que via por aí. Como é engraçado, quando a gente olha mas não vê. Foi assim mesmo nunca tinha visto, só olhado. Porém estes dias não sei porque sem mais nem menos comecei a fuçar na net atrás de coisas feitas de patch. Na comunidade de A a Z encontrei um vídeo maravilhoso que a amiga Mamuska postou de uma mestre em Patch a Vera, meu Deus não deu outra corri atrás de tecidinhos, linhas, agulhas e papel termocolante que nunca tinha ouvido falar na minha vida, mas tudo bem porque a vida é um aprendizado constante se não que graça teria a vida. Então ontem peguei um monte de retalhos que ganhei de uma costureira de mão cheia a Teodolinda (amigona que deu e não quis cobrar nem um centavinho) pensem na montanha de pano....
cheguei em casa toda empolgada, coloquei na água (porque o tecido encolhe se não molhar) e com a ajuda dos filhotes pendurei aquele monte de paninho no varal de todas as combinações de cores, ficou até bonito de ver, depois passei todos eles, separei por cores, coloquei todos em uma caixinha bem arrumadinho e organizado para ficar fácil o trabalho, peguei uma camiseta que já tinha em casa, não ia comprar uma camisetinha nova para aprender e lá fui eu para minha aventura, nossa gente me apaixonei quando apliquei os tecidos e vi as combinações de cores (amo lilás) vou fazer uma promessa, assim que ficar boa nisto vou fazer um pap para vcs do trabalho é muito fácil e apaixonante. Mas por enquanto vou ficar aqui só fuçando na net a procura de riscos e dicas, beijinhos minhas amadas que agora vou separar uma cores e começar a fazer outra camiseta ( não vai sobrar uma camiseta lisa sem patch aqui em casa rsrs).

segunda-feira, 26 de julho de 2010

Parabéns meu amor


Hoje estamos fazendo 24 anos de casados. Meu Deus isto é uma vida! já vivi mais com meu marido do que com minha mãe e meu pai. Ele já está com 5 nos de vantagem.
Casamento é uma coisinha complicada, onde 2 dóidos vão morar na mesma casa, com pensamentos, gostos, afinidades diferentes, sem falar que misturam famílias muitas vezes que não tem nada a ver. Uma pode ser católica e a outra evangélica. Uma pode ser evangélica e a outra espírita. Existe uma gama enorme de opções que podem ser misturadas e que acabam com o tempo fazendo a diferença. Mas acredito que todas estas diferenças acabam quando existe o amor. Momento mágico em que estas pessoas passam a conviver, quando vem os filhos, netos.
Casamos muito novos com 19 anos, meu Deus era uma menina como dizia minha sogra, mas na época nem me dava conta de como era novinha, o que eu queria era casar com meu amor. Deus depois de 6 anos nos deu nosso primeiro presente Matheus, filho maravilhoso que hoje está um homem com 17 anos e que daqui uma semana começa a realizar o seu sonho estudando na UFMT fazendo agronomia. Depois de 4 anos chegou a nossa princesa Ana Carolina, hoje com 13 anos e já está uma mocinha linda (xodó do pai). E como não poderia deixar de ser, para encerrar a produção com chave de ouro chegou o Lucas, menino lindo de olhos verdes e que está com 7 anos, um gatinho, meu companheiro que está ao meu lado sempre. Agora só tenho a agradecer a Deus pela família linda que Deus preparou, sim porque no dia 26 de Julho de 1986 já estava traçado como seria a minha vida e minha família, sinto que sou uma mulher realizada e acredito que meu marido também, mas claro que não vou falar por ele, estou falando pois é o que ele demonstra. Agora só quero pedir a que nós possamos desfrutar os próximos 24 anos com saúde para esperarmos a chegada dos netos que um dia virão (espero que demore um pouquinho ainda).

Bom início de semana

Em um largo rio, de difícil travessia, havia um barqueiro que atravessava as pessoas de um lado para o outro.
Em uma das viagens, iam um advogado e uma professora.
Como quem gosta de falar muito, o advogado pergunta ao barqueiro:
- Companheiro, você entende de leis?
- Não - responde o barqueiro.
E o advogado compadecido:
- É pena, você perdeu metade da vida!
A professora, muito social, entra na conversa:
- Seu barqueiro, você sabe ler e escrever?
- Também não - responde o remador.
- Que pena! - condói-se a mestra:
- Você perdeu metade da vida!
Nisso, chega uma onda bastante forte e vira o barco.
O canoeiro preocupado pergunta:
- Vocês sabem nadar?
- Não!
- responderam eles rapidamente.
- Então é pena - conclui o barqueiro:
- Vocês perderam toda a vida!
"Não há saber mais ou saber menos: há saberes diferentes"

Tenham uma semana repleta de bençãos!

sábado, 24 de julho de 2010

Bolo de chocolate que sai com cobertura do forno



Ingredientes:
1 xic (chá) de leite
2 xic (chá) de açúcar
2 1/2 xic (chá) de farinha de trigo
2 ovos
4 colheres (sopa) de margarina
1 colher (sopa) de fermento

Modo de Preparar:
Bater bem a margarina, o açúcar e as gemas, junte o leite e acrescente o resto dos ingredientes, (préviamente peneirados). Por fim as claras em neve.

Cobertura:
2 copos (americano) de água
1 xíc (chá) de açúcar
3 colheres (sopa) de achocolatado

Modo de Preparar:
Leve todos os ingredientes ao fogo até levantar fervura, jogue devagar em cima do bolo crú, que já deve estar em uma forma com furo central, untada só com margarina (um pouco a mais do que o normal).
Deixe o bolo descansar por 15 minutos e leve ao forno pré-aquecido, temperatura média. Deixe esfriar e desenforme.

A calda ficará toda sobre o bolo...
Obs.: Quando fôr despejar a calda sobre o bolo, já faça em uma leiteira que tem o biquinho para que a calda seja despejada como se fosse um fio, e mais ou menos a 15 cm. do bolo, comece pela lateral, vá ao meio e depois ao cone, assim a calda descerá ao fundo fazendo riscos de chocolate na massa.
Durante esses 15 minutos de espera você verá que a massa começa a subir...

Esta receita peguei da querida amiga Luzia na comunidade culinária receitas.

Cozinhar é uma arte


"De um lado a gatronomia cresce a cada dia, desperta o interesse de muitos jovens de se tornarem famosos chefes de cozinha, porém de outro lado, vemos que cada dia que passa temos menos donas de casa que cozinham para os seus familiares."

Devido a correria do dia a dia, quanto mais rápido, fácil, for a forma de se preparar uma refeição melhor, se for possível optar por comer fora de casa, melhor ainda. A mãe, dona de casa que antes tinha o papel de cuidar da casa, cozinhar, hoje ganha espaço no mercado de trabalho e essa tarefa é feita de outra forma. Restaurantes, fast foods, comida pronta e lanches são geralmente as opções escolhidas.

A comida “caseira” fica apenas para os fins de semana ou em alguns casos só na casa da vovó, não é mesmo?

Existe o lado bom e ruim dessa mudança no estilo de vida das famílias. Sem dúvida alguma a modernidade de hoje em dia trás inúmeros benefícios, mas não posso deixar de apontar que o hábito de deixar de comer com a família, de fazer refeições em um ambiente agitado, com alimentos ricos em gordura e açúcar está associado com alguns distúrbios alimentares.

“Cozinhar pode ser uma forma de descontrair, de relaxar, de se divertir ”
Por isso é preciso repensar o quanto “ganhamos e perdemos” com nossas escolhas. Acredito que o equilíbrio, o meio termo é uma ótima opção. Não abandone a cozinha, faça do ato de cozinhar uma terapia nos momentos possíveis e ganhe mais saúde e o amor de seus familiares.

Veja a seguir alguns benefícios de cozinhar:

Vínculo emocional

- A relação do alimento com a vida social é muito presente. O alimento une as pessoas, aproxima um amigo, uma familiar, um parente. Participar de refeições em conjunto, comemorar datas em torno de uma mesa, de servir alimentos para visitas, tudo isso é importante para criar e aumentar os vínculos.

- O ato de cozinhar é uma forma de promover uma reunião com sua família durante a refeição. Conhecer mais da vida do outro, trocar informações, ouvir e falar favorece as relações familiares.

- Quando você prepara um jantar romântico, você tem a proposta de agradar o outro, cuidar, fazer um agrado. A pessoa amada percebe o gesto e isso fortalece o relacionamento.

- Quem não se lembra do cheiro daquela canja que sua mãe preparava para você quando ficava doente? Ou daquele bolo de chocolate no fim de semana? São sensações que nunca esquecemos e que nos remete há um tempo bom de nossas vidas.

- Segundo uma pesquisa da Universidade de Minnesota, nos Estados Unidos, publicada na revista Archives of Pediatrics & Adolescent Medicine, comer com a família pode ser uma das formas mais fáceis de evitar que adolescentes desenvolvam distúrbios alimentares e recorram a medidas extremas para controlar o próprio peso. De acordo com o estudo realizado, os distúrbios alimentares, se tornam mais comuns na passagem da adolescência para a vida adulta, e as refeições familiares podem ajudar a evitá-los.

Saudável

- Se você prepara uma refeição existe uma confiança maior em relação à higiene e a procedência dos ingredientes utilizados, isto proporciona uma forma de prevenção contra doenças como toxiinfecções alimentares, contaminação por microorganismos.

- Os produtos industrializados têm uma grande quantidade de sódio, gordura, açúcar e aditivos alimentares presentes, necessários para conservação. Quanto mais natural for a comida que você for preparar, menos sódio e aditivos ela terá.

- Se você cozinha, pode escolher a forma de cocção das preparações e evitar o consumo de frituras, preferindo aos assados, grelhados e cozidos.

- Temperos naturais e ervas aromáticas, são ótimos para dar sabor as preparações e são excelentes opções, quem se arrisca na cozinha e tem criatividade geralmente utiliza estas especiarias e cria delícias.

Terapia






"Há quem diga que cozinhar é uma arte. Mas também pode ser um grande prazer.
Cozinhar pode ser uma forma de descontrair, de relaxar, de se divertir."






- Cozinhar é uma terapia que contribui para o bem-estar e o equilíbrio emocional. Cozinhar ouvindo as músicas preferidas, preparar a comida pensando nas pessoas que irão se alimentar, os elogios que irá receber, faz você distrair e se desligar dos seus problemas.

Ato de amor

- O cuidado e a atenção de quem cozinha são importantes. Para que haja esse cuidado e para que se possa alegrar a pessoa a quem se vai oferecer a comida, é preciso eliminar ou mudar o pensamento de que cozinhar é chato, de que é trabalhoso, etc. Mude o pensamento, lembre-se que além do próprio alimento, a pessoa vai absorver também o sentimento com que você fez a comida.

- Se você preparar o alimento com amor, surgirá nas pessoas o sentimento de fraternidade e de agradecimento por aquela comida. Experimente fazer com este intuito.

- Através da alimentação, as pessoas podem conhecer as Leis da Natureza, ser tocadas pela misteriosa força que a vida possui.


"Para aqueles que já apreciam o hábito de cozinhar,
não o percam, e para os que não gostam, descubra o bem que pode
fazer à você."
Espero que tenham gostado da matéria!
Coluna assinada por:
Roberta dos Santos Silva
Nutricionista-chefe do programa Cyber Diet
formada pela Universidade Católica de Santos
CRN-3 14.113

sexta-feira, 23 de julho de 2010

Pizza Retangular Célia Kaori

a

Meninas sabem aquela receitinha de pizza maravilhosa e que rende muito, pois então é esta aqui, muito boa, rendimento é de 1 pizza retangular grande e uma redonda média ( não gosto de massa grossa) esta fica no ponto, apesar de fina não fica ressecada.

2 ovos
1/2 xícara de (chá) de óleo
1 xícara de (chá) de leite
1 colher bem cheia de (chá) de sal
1 colher (sopa) de açucar
30 grs de fermento de pão
mais ou menos 500 grs de farinha de trigo

Modo de fazer: Dissolver o fermento no açucar, acrescentar os ovos, o óleo, o sal, mexer bem, acrescente a farinha de trigo, a massa fica um pouco pegajosa. Sovar bem, se precisar passe óleo nas mãos. Deixe descansar 30 min, abra a massa, coloque em uma assadeira grande retangular 30x45, leve ao forno para pré assar. Recheie a seu gosto e volte ao forno para assar a cobertura.

quarta-feira, 21 de julho de 2010

Pão colonial receita da britânia doce




Como disse na postagem de ontem, fiz algumas receitas utilizando a receita do pão colonial da Britânia, estes são doces com recheios de côco e passas. Cobertura de leite condensado, muito fácil de fazer.
A receita é feita como o do pão salgado, porém aumente um pouquinho de açucar na massa. Depois que o pão estiver amassado e já crescido, abra a massa na mesa e coloque o creme.
Faça um creme com 3 colheres de margarina, 3 colheres de açucar refinado, passe o creminho, jogue côco ralado e passas, enrole e corte em pedaços e uns 3 dedos de largura, coloque em forma redonda de buraco no meio, depois de assado, jogue leite condensado e côco.

terça-feira, 20 de julho de 2010

Nózinhos da Palmirinha Onofre




02 tabletes de fermento para pão
01 colher (chá) sal
01 copo (requeijão) de leite morno
1 kg de farinha de trigo
05 colheres (sopa) de açúcar
05 ovos
01 copo (americano) de óleo
01 gema para pincelar

Para banhar
02 xícaras (chá) de açúcar
01 xícara (chá) de água
01 xícara (chá) de côco ralado

Modo de Fazer:
Em um recipiente coloque o fermento esfarelado, adicione um pouco de açucar e misture até obter um líquido.
Acrescente o leite morno, mexa bem. Acrescente o restante açucar, os ovos levemente batidos, o sal, o óleo e vá acrescentando a farinha aos poucos.
A seguir sove a massa sobre uma superfície lisa e deixe descansar por aprox. 10-15 min. coberta com um pano.
Após descansar, faça cordões com a massa e vá dando nozinhos e cortando, de modo que forme um pãozinho com nó. Coloque em forma untada com manteiga e farinha de trigo. Deixe a massa dobrar de volume.
Pincele a gema em cada um deles e leve para assar em forno pré-aquecido por aprox. 15-20 min em forno 150° C e mais 10 min em forno 180° C até dourar.
Após assado passe cada pãozinho pela calda e depois pelo côco.
Calda: Em uma panela ferva a agua e o açucar até formar uma calda rala.
Rende aproximadamente 43 pãezinhos

Pão colonial receita da Britânia



Ganhei uma máquina de pão, fiz diversas vezes, claro acabamos enjoando dos pães assados na máquina. Então fiz umas variações que deram super certo, aqui em casa todos adoram. A receita que vou passar amassei usando a máquina mas quem não tiver a dita cuja pode fazer na mão que dá certo também, não precisam chorar.
A receita pra quem tem a engenhoca é aquela que vem do livrinho da Britânia, mas claro que vou passar ela aqui bem explicadinho.

Para pães de 900 gramas.
1 1/3 de copo de leite com 1 ovo (320 ml)
(coloque o ovo dentro do copo e complete o copo com leite)
1 1/2 colher de (sopa) de margarina ou manteiga ( uso sempre margarina sem sal)
1 1/2 colher de (chá) de sal
2 colheres de sopa de açucar
4 copos de farinha de trigo especial 960 ml ( preste atenção quando forem medir no copo medida é ml ok meninas?)
2 colheres de chá de fermento biológico seco (aqueles granuladinhos de pacotinhos de 10 gramas)
Retire a forma de assar de dentro da máquina de pão e adicone todos os ingredientes na ordem acima. Recoloque a forma de assar dentro da máquina de pão selecione o tamanho do pão, a cor da casca e o ciclo recomendado. Feche a tampa e pressinone o botão iniciar. Atenção, o tempo é de 3 horas até o pão ficar pronto eu porém deixe ela fazer todo o processo de amassar e deixo o pão dentro da máquina para crescer mas tiro antes que inicie o processo de assar, levo a massa na mesa, abro com o rolo e recheio, com mussarela, presunto, tomate em rodelas e óregano.Enrolo o pão, passo gema e levo ao forno para assar, depois de uns 20 min para crescer mais um pouquinho.
Asso em forno a 180 graus sem pré aquecer, nunca pré aqueço o forno para fazer pães.
Rendimento 2 pães pequenos ou 1 enorme.

Sugestão de recheios:

Calabresa moída com catupiry
Frango desfiado com catupiry
Presunto, mussarela, tomate fresco ou tomate seco
salame
E o que mais vcs tiverem na geladeira e quiserem aproveitar.

Pesquisar este blog